quarta-feira, 8 de outubro de 2008

AMOR (Texto de Luana)




Alunos autores das cartas de amor.
São eles, da esquerda para a direita: Raabe, Nayane, Luana, Ane e José Francisco.

AMOR

Quantos já viveram, alguns já sentiram.
Poucos sabem o que é sofrer por amor.
Chorar, lamentar o sentimento sublime não correspondido.
Por onde quer que eu vá vou te levar
Preciso só de um minuto
Viajar em pensamentos numa estrada de ilusões.
Toda vez que fecho os olhos é pra te lembrar.
Porque você me fez acreditar em mim mesmo.
E agora? Quem vai me ajudar?
Hoje, quando acordei, decidi em você não pensar mais
Não vou perder tempo com coisas do passado.
Vou deixar as nuvens negras passarem
O límpido céu azul vai se abrir para mim
Com os raios da manhã ensolarada...
Hoje já lembro de você, sem ter que sofrer!
Estou viva, consigo enfrentar meus problemas.
Decidi você deixar, vou seguir em frente.
Sem pensar em voltar.
Eu escolhi viver minha vida sem você, e acho que gosto.
Pensar em perdoar? Pensar em curar?
Dizem que o tempo cura tudo, mas ainda estou esperando...
Mesmo assim sem controle
Lutando com os meus sentimentos
Eu ainda quero voar olhando em seus olhos
Ah, eu quero sonhar com você!
Volta para meus braços, estou tão sozinha...
Você me ensinou o amor
Ensinou-me a amar de verdade
A importância desse sentimento primordial
Hoje você só me faz sofrer, por quê?
Só precisava de um tempo
Para colocar as coisas no lugar
Reorganizar minha vida sofrida
Ouvir meus pensamentos mais profundos.
Vou esquecê-lo com certeza.
Não vou lembrar o que aconteceu entre nós.
Outros tempos virão... O que eu sofri passará.
Amanhã nada será...

Luana de Souza Pereira Carmo.

5 comentários:

Anônimo disse...

Botão de rosa menina,
Carinhosa, pequenina,
Corpinho de tentação,
Vem morar na minha vida,
Dá em ti terna guarida
Ao meu pobre coração

Marli disse...

Parabéns pela sensibilidade colocada nas palavras. Descrever o amor não é fácil, assim como não é vivê-lo. Continue assim. Abraço!

Cybele Meyer disse...

Olá Luana,

Adorei seu texto.
O amor, quando verdadeiro, faz exatamente isso: "Porque você me fez acreditar em mim mesmo".
O amor soma, incentiva, compartilha.
Amar é caminhar lado a lado, ombro a ombro.
Parabéns e continue escrevendo.
beijinhos com carinho

Gleucia Webster disse...

Querida Luana.
Sua carta de amor ficou tão linda...muito romântica.
Continue a gostar de ler e escrever, ok?
Estamos em férias e eu com saudade.
Beijo.

Maria Inês disse...

Queridos
Que tudo irá bem com vocês a partir de agora.
Vocês têm sido destinado para ser uma pessoas vitoriosas
e conseguirá todos teus objetivos.
Nos dias que restam deste ano se dissiparão todas as tuas agonias e chegará a vitória.
Vocês são demais
Amo muito voc~es e tb a professora que esta junto a este trabalho.
Beijosssss carinhosos
De sua professora de Matemática
Maria Inês