sábado, 1 de novembro de 2008

Halloween

A palavra Halloween tem origem na Igreja católica.
É uma festa comemorativa celebrada todo ano no dia 31 de outubro, véspera do dia de Todos os Santos. Ela é realizada em grande parte dos países ocidentais, porém é mais representativa nos Estados Unidos. Neste país, levada pelos imigrantes irlandeses, ela chegou em meados do século XIX.
A história desta data comemorativa tem mais de 2500 anos. Surgiu entre o povo celta, que acreditavam que no último dia do verão (31 de outubro), os espíritos saiam dos cemitérios para tomar posse dos corpos dos vivos. Para assustar estes fantasmas, os celtas colocavam, nas casas, objetos assustadores como, por exemplo, caveiras, ossos decorados, abóboras enfeitadas entre outros.
Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média, quando passou a ser chamada de Dia das Bruxas. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
Com o objetivo de diminuir as influências pagãs na Europa Medieval, a Igreja cristianizou a festa, criando o Dia de Finados (2 de novembro).
No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana.
Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado.
Para tanto, foi criado pelo governo, em 2005, o Dia do Saci (comemorado também em 31 de outubro).

2 comentários:

Gleucia Webster disse...

Caros alunos.
O trabalho ficou legal.
Entretanto, prefiro estudar e abranger mais com vocês a riqueza do nosso folclore. Combinado?
Estamos em férias e eu com saudades de vocês.
Abraços.

Anônimo disse...

Belo trabalho, apesar de que não gostar de Halloween, pois não faz parte da nossa cultura, fico feliz pela atitude, e afinal de conta,é melhor ter um jovem fazendo um Halloween, "festa do terror", como muitos dizem, é melhor ele na escola fazendo isso, do que fazendo "terror nas ruas", parabéns pelo trabalho.

E como você bem citou, nossa cultura é rica, pena que não é valorizada, mas que o governo vem tentanto melhorar, como você mesmo lembrou do Dia do Saci, e tem outros.

Cultura é tudo, e o que me fez votar e admirar, o Vereador Pequeno, é isso, ele que é apaixonado por cultura, e luta muito por ela, eu adoro cultura.